• Cast & crew
  • User reviews

Poltergeist

Heather O'Rourke in Poltergeist (1982)

A family's home is haunted by a host of demonic ghosts. A family's home is haunted by a host of demonic ghosts. A family's home is haunted by a host of demonic ghosts.

  • Tobe Hooper
  • Steven Spielberg
  • Michael Grais
  • Mark Victor
  • JoBeth Williams
  • Heather O'Rourke
  • Craig T. Nelson
  • 520 User reviews
  • 286 Critic reviews
  • 79 Metascore
  • 4 wins & 9 nominations total

Trailer

  • Diane Freeling
  • (as Jobeth Williams)

Heather O'Rourke

  • Carol Anne Freeling

Craig T. Nelson

  • Steve Freeling

Beatrice Straight

  • Dana Freeling

Oliver Robins

  • Robbie Freeling

Michael McManus

  • Ben Tuthill

Virginia Kiser

  • Mrs. Tuthill

Martin Casella

  • (as Lou Perry)
  • Bulldozer Driver
  • (as Clair Leucart)

Dirk Blocker

  • (as Joseph R. Walsh)
  • Woman Buyer
  • All cast & crew
  • Production, box office & more at IMDbPro

More like this

Poltergeist II: The Other Side

Did you know

  • Trivia Heather O'Rourke kept the pet goldfish Carol Anne has in the film.
  • Goofs Many viewers have pointed out that only one of the houses in the neighborhood is affected by ghosts even though the whole neighborhood and many other houses were built on the same ground. However, there are two sections of the movie that explain this discrepancy: one in which Steven tells a prospective buyer that his family was one of the first to move into their neighborhood, and another in which Steven's boss mentions that Carol Anne was born in the house. The novelization makes the connection more explicit: because Carol Anne was born in the burial ground, the spirits gravitated toward the Freeling household, attracted by her life force.

Carol Anne Freeling : They're here.

  • Crazy credits After the credits and the logo of the MGM lion is shown, we hear children laughing. Fans of the film have assumed that the laughing children are those who have been released from the beast and have crossed over the threshold into the next life.
  • Alternate versions For ABC's 1985 network television premiere, Marty's hallucination is altered so instead of him ripping his own face off, he sees his face rapidly deteriorate briefly.
  • Connections Edited into Poltergeist II: The Other Side (1986)
  • Soundtracks The Star-Spangled Banner (1814) (uncredited) Music based on "The Anacreontic Song" by John Stafford Smith Arranged by Arturo Toscanini [Played as TV sign-off music several times]

User reviews 520

  • thewizardofoz
  • Jul 17, 2000

Reboots & Remakes

Production art

  • What is Ryan listening to while drawing?
  • Who is the glowing ghost floating across the living room?
  • What is 'Poltergeist' about?
  • June 4, 1982 (United States)
  • United States
  • It's Night Time
  • 4267 Roxbury Street, Forest Hills, Simi Valley, California, USA (Freeling house exteriors)
  • Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)
  • SLM Production Group
  • See more company credits at IMDbPro
  • $10,700,000 (estimated)
  • $77,177,301
  • Jun 6, 1982
  • $77,229,971

Technical specs

  • Runtime 1 hour 54 minutes
  • Dolby Digital

Related news

Contribute to this page.

Heather O'Rourke in Poltergeist (1982)

  • See more gaps
  • Learn more about contributing

More to explore

Production art

Recently viewed

Memórias Cinematográficas

A memória do Cinema Mundial.

A tragédia de Heather O’Rourke, a estrela de Poltergeist, morta aos 12 anos de idade

filme poltergeist atriz

Related Posts

Por onde anda a atriz monique curi, hilda rebello, um amor de mãe, eric douglas, o outro filho ator de kirk douglas, que morreu com apenas 46 anos de idade, 13 thoughts on “ a tragédia de heather o’rourke, a estrela de poltergeist, morta aos 12 anos de idade ”.

E esse erro aconteceu nos EUA! Onde a medicina é bem avançada. Esses médicos que a avaliaram anteriormente, não erraram de propósito, mas, se tivessem tudo mais atenção, Hether ainda estaria conosco. Agora,como uma equipe de produção não perceberam o rosto inchado e as dores da garotinha?

  • Pingback: Judith Barsi, a estrelinha morta aos 10 anos de idade, pelo próprio pai - Memórias Cinematográficas
  • Pingback: Relembrando o breve e talentoso Heath Ledger
  • Pingback: A atriz Lucille Ricksen, morta aos 14 anos de idade, tornou-se símbolo da exploração infantil no cinema
  • Pingback: Max Schreck, o astro e Nosferatu (1922), era um vampiro de verdade?
  • Pingback: Lorraine Warren, a paranormal mais famosa do cinema
  • Pingback: Will Sampson, de Um Estranho no Ninho à Maldição de Poltergeist
  • Pingback: Como a filha de Peter Lorre sobreviveu ao ataque de Serial Killers
  • Pingback: A tragédia de Dominique Dunne, morta pelo namorado, aos 22 anos de idade
  • Pingback: A breve Lucy Gordon, de Homem Aranha 3, morta aos 28 anos de idade
  • Pingback: Morre Ronald DeFeo Jr., condenado por assassinar sua família nos primeiros crimes em Amityville
  • Pingback: Por onde anda? Linda Blair, de O Exorcísta
  • Pingback: Diretor Peter Bogdanovich morre aos 82 anos de idade

Deixe um comentário Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentário *

Salvar meus dados neste navegador para a próxima vez que eu comentar.

  • ENTRAR SAIR

Imagem Blog

Tudo Sobre Cinema SEGUIR SEGUINDO

A trágica morte de duas atrizes e o destino de outros três atores do filme de terror poltergeist, fica quase impossível assistir ao novo poltergeist – o fenômeno e não compará-lo ao original, de 1982. mesmo quem não viu o primeiro filme no cinema, há 33 anos, com certeza, deu uma olhada em vídeo, dvd ou tv. poltergeist, dirigido por tobe hooper, um mestre do terror que criou, em 1974, o apavorante o […].

filme poltergeist atriz

Fica quase impossível assistir ao novo Poltergeist – O Fenômeno e não compará-lo ao original, de 1982. Mesmo quem não viu o primeiro filme no cinema, há 33 anos, com certeza, deu uma olhada em vídeo, DVD ou TV. Poltergeist, dirigido por Tobe Hooper, um mestre do terror que criou, em 1974, o apavorante O Massacre da Serra Elétrica, acertou a mão com uma trama sobrenatural, escrita e produzida pelo mestre Steven Spielberg. Alguns fatos estranhos aconteceram após o lançamento do longa-metragem e isso me levou a fazer um post para saber o que aconteceu aos cinco atores principais, que interpretam o pai, a mãe e os três filhos.

Começando pelo chefe da família, Steve Freeling ganhou a atuação de Craig T. Nelson, um ator de certa expressão nas décadas de 80 e 90, que hoje, aos 71 anos, atua no recente seriado Grace and Frankie, protagonizado por Jane Fonda e Lily Tomlin.

Craig T. Nelson tem 71 anos e faz o seriado Grace and Frankie

Craig T. Nelson tem 71 anos e faz o seriado Grace and Frankie

A mãe dos Freeling na primeira versão era JoBeth Williams, que teve um bom momento no cinema, em 1983, no drama O Reencontro. Em seguida, mesclou a telona com a TV em trabalhos menos famosos. Tanto Craig T. Nelson quanto JoBeth voltaram à cena de Poltergeist II, em 1986, mas, sensatamente, pularam fora de Poltergeist III – O Capítulo Final, de 1988.

JoBeth Williams em cena do seriado Marry Me

JoBeth Williams em cena do seriado Marry Me

O irmão do meio, Robbie, era Oliver Robins, que tinha 10 anos à época. Na sequência, Oliver fez Apertem os Cintos, o Piloto Sumiu 2, atuou no seriado Além da Imaginação e também voltou na continuação de Poltergeist. Curiosamente, nos anos 2000, Oliver virou diretor e tem três longas no currículo – o mais recente é 29000 Wishes. 1 Regret, de 2012, no qual também atua. Mas diante de três atores que conseguiram se firmar na carreira, duas atrizes mirins não tiveram o mesmo destino.

Oliver Robins também é diretor de longas-metragens

Oliver Robins também é diretor de longas-metragens

Heather O’Rourke tinha apenas 5 anos quando o próprio Spielberg a escolheu para interpretar a caçula que se comunica com os espíritos e faz a lendária cena de tocar a tela da TV. A menina virou uma estrela da noite para o dia e, além das duas continuações de Poltergeist, fez séries de TV. Em janeiro de 1987, Heather começou a ter sintomas de gripe, mas os médicos chegaram à conclusão de que era uma inflamação no intestino. Como estava se sentindo melhor, fez todas as cenas que precisava para o terceiro Poltergeist e saiu em viagem com os pais após concluir o trabalho.

Heather O’Rourke virou estrela da noite para o dia

Heather O’Rourke virou estrela da noite para o dia

Em janeiro do ano seguinte, a garota acordou com dores de estômago e desmaiou no chão da cozinha. Na ambulância, Heather teve uma parada cardíaca e morreu na mesa de cirurgia. Tinha 12 anos de idade.

Quem também teve uma morte trágica foi Dominique Dunne, que interpreta a primogênita do casal. Filha de artistas e irmã do ator Griffin Dunne, Dominique tinha uma promissora carreira de atriz, iniciada nos início dos anos 80 em seriados de TV. Poltergeist foi seu primeiro (e último) trabalho no cinema. A fama, porém, lhe trouxe um relacionamento problemático. Numa festa, Dominique conheceu John Thomas Sweeney, dono de uma casa noturna em Los Angeles. Em outubro de 1982, a jovem decidiu colocar um ponto final no namoro.

Dominique Dunne: carreira interrompida

Dominique Dunne: carreira interrompida

Na mesma noite, Sweemey, descontrolado e ciumento, foi até a casa dela, arrastou-a para fora e a estrangulou. Os aparelhos que a mantinham viva foram desligados cinco dias depois. Dominique tinha 22 anos.

+ Filme de sexo explícito em 3D causa polêmica no Festival de Cannes

Leia também:

+  Adeus, Christian Grey: Jamie Dornan muda de visual para novo filme

+  Bruce Willis e Demi Moore prestigiam a filha, Rumer Willis, que ganhou o Dança dos Famosos

+ Por onde anda Mel Gibson, protagonista dos três primeiros filmes da cinessérie Mad Max?

Quer ter informações diárias sobre cinema? Então venha curtir a página do meu blog no  Facebook.  E me siga no  Twitter!

Evaristo Costa segue internado na UTI: ‘Nunca perca o bom humor’

  • Poltergeist

Veja

SUPERINTERESSANTE

SUPERINTERESSANTE

Quatro Rodas

Quatro Rodas

Essa é uma matéria fechada para assinantes. Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH. *Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

filme poltergeist atriz

Não vá embora sem ler essa matéria! Assista um anúncio e leia grátis CLIQUE AQUI.

Boca do Inferno

Boca do Inferno

O Maior Portal de Horror da América Latina

Poltergeist (1982)

Trilogia Poltergeist: A Maldição dos Espíritos

“ Eles estão aqui “. Foi com esta frase que a atriz mirim, então com sete anos, Heather O´Rourke apresentou ao mundo um dos melhores filmes de fantasmas da história, Poltergeist – O Fenômeno (Poltergeist, 1982). Criado e produzido pelo cineasta Steven Spielberg (E.T.) e dirigido por Tobe Hooper (O Massacre da Serra Elétrica), o filme marcou época e continua sendo classificado como uma das melhores produções do gênero. A velha história da casa assombrada marcou pela excelente forma como foi conduzida por seus realizadores, possuindo autênticos momentos de medo, além de um elenco impecável e também pelo trágico desfecho da atriz O´rke, que faleceu repentinamente logo após terminar de gravar o terceiro capítulo da série (Poltergeist 3), em 1988, aos 12 anos.

Original do alemão “ polten “, que significa “ bater ” e “ geist “, traduzido como “ espírito “, o fenômeno tratado pelo filme, o poltergeist , é reconhecido e estudado por grupos de parapsicólogos de várias partes do mundo há décadas. Atividades ligadas a este tipo de acontecimento podem ser ligadas a pessoas e são marcadas por objetos que se movem sem que ninguém os toque, barulhos estranhos e interferências em aparelhos tecnológicos como telefones e equipamentos domésticos. A duração pode ser de algumas horas até meses ou acabar de repente, diferente de assombração clássica onde um local, em geral uma casa, sofre do fenômeno por décadas.

É nesse contexto que surge a família Freeling . Trata-se na verdade de uma alusão ao sonho americano, onde pessoas felizes moram em uma bela casa de uma pequena cidade chamada Cuesta Verde . A família é composta pelo pai Steven (Craig T. Nelson, de Advogado de Diabo ), a mãe Diane (Jobeth Williams, de Kramer vs. Kramer ) e os filhos Dana (Dominique Dunne), Robbie (Oliver Robins) e a caçula Carol Anne (Heather O´Rourke). Tudo vai bem até que certos acontecimentos estranhos começam a chamar a atenção da família, como cadeiras que se mexem sozinhas e utensílios de metal que misteriosamente aparecem tortos, entre outros.

O que parece sem importância logo toma proporções trágicas quando, durante uma noite chuvosa, a pequena Carol Anne desaparece misteriosamente. Vista pela última vez no quarto onde dormia, a garota simplesmente desaparece do mundo físico sendo levada para uma dimensão paralela. A única forma de contato que a família consegue ter com a menina será através de uma televisão ligada em um canal sem sintonia e que por este motivo está aberto para receber sinais e ondas de vários tipos e frequências.

Poltergeist (1982) (4)

Procurando auxílio, a família vai recorrer à parapsicóloga Dra. Lesh (Beatrice Straight, de Amor sem Fim ) e posteriormente a clarividente Tangina Barrons (Zelda Rubinstein, de Os Olhos da Cidade são Meus ). Esta última vai ter fundamental importância para a trama por servir como elemento de ligação entre o mundo físico e o espiritual, além de apresentar o motivo pelo qual a garota tinha sido escolhida por estes espíritos. De acordo com Tangina, Carol Anne representa uma presença viva no plano espiritual onde está sendo mantida e que estas almas que estão com ela vêem na energia vital da criança a força que eles não possuem, mas que passam a ter por estarem com ela. A clarividente ainda alerta a família para uma terrível presença que sentiu próximo da garota e que é forte o suficiente para fazê-la vagar numa dimensão paralela definitivamente caso algo não seja feito.

O filme Poltergeist fez enorme sucesso de público e de crítica. Grande parte deste fenômeno de bilheterias se deu pela combinação de vários elementos que fazem a produção parecer um filme de terror de luxo. A história, bem construída, tem seu desenvolvimento realizado de forma eficaz. Os efeitos especiais criados pela Industrial Light & Magic (ILM) de George Lucas são muito bem feitos, demonstrando um cuidado grande com a parte técnica. A bela trilha sonora composta pelo excelente Jerry Goldsmith (Jornada nas Estrelas) foi indicada ao Oscar, assim como para efeitos sonoros e efeitos especiais, porém não ganhou em nenhuma categoria. O sucesso da película também acontece pelo eficiente clima de medo que é construído durante o filme até o apoteótico final. Medo este que não é criado simplesmente através de cenas fortes, mas por situações que conduzem o espectador quase a um sentimento infantil, como os filhos do casal Freeling. Podemos citar cenas memoráveis como o pavoroso palhaço que fica no quarto das crianças, a piscina de esqueletos, a primeira aparição das entidades espirituais, entre tantas outras.

Poltergeist (1982) (3)

Um outro ponto que merece destaque do filme é o de ser capaz de injetar elementos dramáticos na trama, através da mãe desesperada pelo desaparecimento da filha causado por algo que a própria família não compreende. Temos aqui uma entidade sobrenatural e a busca de uma solução parece cada vez mais distante. A grande casa vai se resumir então apenas à sala, onde toda a família vai permanecer próxima do aparelho de televisão sempre ligado na espera da voz da garota desaparecida. Num dos momentos mais tensos, a conversa da mãe com Carol Anne é interrompida pela fala da menina que diz “ mamãe tem alguém aqui comigo, é você? “. Paralisada pelo medo, a mãe de Carol chora diante da impotência em proteger a filha.

Poltergeist (1982) (2)

Baseado no episódio “ Little Girl Lost “, da série de TV dos anos 60 Twilight Zone , que conta a história de uma garota que desaparece dentro do seu quarto, Poltergeist foi escrito, roteirizado e produzido por Steven Spielberg . Mesmo com a direção ficando por conta de Tobe Hooper , muitas das decisões técnicas e relativas ao próprio andamento do filme ficaram por conta de Spielberg. Analisado hoje, Poltergeist tem muito mais a característica de uma produção de Spielberg, dos cuidados técnicos ao roteiro sólido, do que das produções assinadas por Hooper, que mesmo sendo o criador de clássicos como O Massacre da Serra Elétrica e Eaten Alive , possui um estilo mais artesanal de filmar.

O filme, e posteriormente a franquia Poltergeist, foi também marcado pela morte de membros do elenco, algumas de forma trágica, como a atriz que fez a filha mais velha Dana, Dominique Dunne , que foi estrangulada pelo namorado, John Thomas Sweeney , quatro meses depois do lançamento do filme, em 4 de novembro de 1982. Mesmo o fato de o assassino ser considerado um homem violento por familiares e amigos da vítima não impediu que surgissem comentários referentes a trágica morte de Dominique ter relações com o filme que aborda um tema sobrenatural. A jovem atriz morreu aos 23 anos sendo a primeira do que ficaria conhecida como “maldição poltergeist “.

Poltergeist (1982) (6)

O outro lado

Nos anos 80, se um filme de terror fizesse sucesso, era quase certo que muito em breve ganharia uma sequência. No caso de Poltergeist , a segunda parte foi produzida quatro anos depois do original recebendo o subtítulo de O Outro Lado (Poltergeist 2, The Other Side). Principalmente sem Spielberg na produção, ficou difícil criar uma obra que superasse o primeiro filme. Claro que qualquer comparação com o original seria apenas para apresentar aspectos negativos nesta sequência que nada mais é do que uma produção desnecessária, mas que possui alguns bons momentos e ainda consegue desenvolver interesse.

Dirigido por Brian Gibson (Tina), Poltergeist 2 retoma a saga da família Freeling mostrando Steven (Craig T. Nelson), Diane (Jobeth Williams) e as crianças Robbie (Oliver Robins) e Carol Anne (Heather O´Rourke), um ano depois dos eventos mostrados no primeiro filme. A personagem Dana não é mencionada em nenhum momento do filme, como se originalmente ela não existisse, e o casal Freeling tivesse tido apenas dois filhos. Além da família, a atriz Zelda Rubenstein também retorna como a clarividente Tangina Barrons, que conta desta vez com a ajuda de um índio chamado Taylor (Will Sampson).

Poltergeist 2 (1986) (1)

Morando na casa da mãe de Diane, Jessica (Geraldine Fitzgerald, de O Morro dos ventos Uivantes ), e sem ter nenhum aparelho de televisão por motivos óbvios, a família luta para esquecer o passado e conseguir reconstruir suas vidas. Vai ser nesse momento que um estranho homem religioso chamado Kane (Julien Beck) vai surgir para a família, primeiro como um gentil senhor, para em seguida se mostrar como uma das formas físicas de uma entidade espiritual que tem por objetivo levar novamente a garota Carol Anne para um outro plano espectral. Mais uma vez a família terá que se unir para impedir o pior.

Poltergeist

A película possui bons momentos, incluindo até uma cena de vômito digna de um filme de escatologias, mas no geral, o cuidado com a história que fez do primeiro filme o clássico que é se mostra ausente nesta sequência. Tudo que é narrado poderia ser melhor explorado se os produtores da vez tivessem sido mais esforçados e cuidadosos. O roteiro até cria situações interessantes, principalmente por tentar dar origem ao mal, mas acaba indo contra alguns fatores primordiais do primeiro filme distorcendo-o. Merece destaque o conceito artístico do filme, assinado pelo artista plástico suíço H. R. Giger (Alien). No mais, bons efeitos especiais que concorreram ao Oscar e um bom final provando que a família unida pode vencer qualquer mal. Para reviver o que a imprensa chamou de “ maldição poltergeist “, o ator Julien Beck faleceu durante as filmagens aos 60 anos, vítima de câncer de estômago. E um ano depois, em 1987, foi a vez do ator Will Sampson morrer aos 54 anos por consequência de uma cirurgia cardíaca mal sucedida. No entanto, a “ maldição poltergeist ” ainda faria sua última vítima justamente no filme seguinte da série.

O capítulo final

O fim do poço. É desta forma direta que se pode qualificar este terceiro capítulo da saga ( Poltergeist 3 ), que decepcionou crítica e público em todos os aspectos. Dirigido por Gary Sherman (responsável por vários trabalhos feitos para séries de televisão), o fraco roteiro não é capaz de sustentar o filme que aposta no susto fraco para tentar criar de forma frustrada momentos de medo. O único fator que possa levantar a curiosidade diante deste filme é o relacionado ao falecimento da atriz Heather O´Rourke , a eterna Carol Anne durante a produção.

Poltergeist 3 (1988) (1)

O roteiro de Poltergeist 3 é tão ruim que nenhum dos atores principais dos filmes anteriores quis retornar aos seus personagens e o jeito foi colocar Carol Anne para morar com os tios (Tom Skerrit, de Contato e Nancy Allen, de Robocop ) em Chicago. É perfeitamente claro que estes novos personagens funcionam como tapa buraco da família Freeling original. Além dos tios, Carol também mora com a prima Donna (Lara Flynn Boyle, de Três Formas de Amar ), que entrou para ocupar o lugar do irmão Robbie, que também não está nesta sequência. Do filme original somente participa a sempre marcante Zelda Rubenstein , repetindo seu papel de Tangina.

A história se resume a mostrar Carol Anne sendo novamente perseguida por espíritos que se manifestam na forma do malévolo pastor Kane (interpretado desta vez por Nathan Davis ). Nada de grandes momentos, cenas marcantes ou situações que remetam medo. Em Poltergeist 3 temos Carol Anne e familiares correndo pra lá e pra cá pelos corredores de um prédio assombrado. Os efeitos especiais também são os mais fracos da série sendo na sua maioria truques feitos com espelhos. Deprimente e com um final forçado e como todo o filme, sem criatividade.

Poltergeist 3 (1988) (2)

Durante as gravações de Poltergeist 3 , que ocorreram no segundo semestre de 1987, Heather O´Rourke já estava fazendo tratamento referente a uma inflamação no intestino que contraíra desde janeiro daquele ano. Como efeito colateral do tratamento, a bochecha da atriz estava inchada, algo perfeitamente visível neste filme. Foi no dia um 1 de fevereiro de 1988 que a atriz desmaiou durante o café da manhã em decorrência de uma inflamação crônica no intestino, sendo conduzida por uma ambulância para o hospital. Heather sofreu uma parada cardíaca vindo a falecer na mesa de cirurgia às 14h43 daquele dia aos 12 anos.

A morte da atriz foi um choque para todos e virou notícia em praticamente todo o mundo. A própria MGM , produtora da franquia Poltergeist , cogitou a possibilidade de não lançar mais o terceiro filme. Como a película estava em pós produção, algumas cenas tiveram que ser regravadas com uma dublê no papel de Carol Anne e o filme foi dedicado à memória da jovem atriz sendo lançado no dia 10 de junho daquele ano. O corpo de Heather O´Rourke está enterrado no mesmo cemitério em que repousam os restos da atriz do primeiro Poltergeist , Dominique Dunne . Na lápide da garota está gravado os dizeres: ‘Heather O´Rourke. Filha e irmã amada. Dec, 27, 1975 – Feb, 01, 1988. “Carol Anne” de Poltergeist I, II, III’.

Poltergeist-1

Poltergeist 4?

A morte de Heather O´Rourke colocou um final na série iniciada em 1982. sepultando-a juntamente com o corpo da jovem atriz que deu vida para Carol Anne . Mesmo com o fraco resultado da terceira parte da saga, era bem provável que um quarto filme fosse produzido na época. As possibilidades eram várias como mostrar um possível retorno da família Freeling, ou uma Carol Anne adolescente atormentada por espíritos.

Com a proximidade do aniversário de 25 anos do filme original, vários sites na internet ligados à série criaram tópicos relacionados a um possível quarto filme da franquia. Uma das prováveis possibilidades seria de uma produção com uma Carol Anne já adulta interpretada por alguma atriz que tivesse semelhanças físicas com Heather O´Rourke . Um dos nomes mais cogitados nestes sites é o da irmã da falecida atriz, Tammy O´Rourke, que fez alguns papéis em seriados de televisão na infância e fisicamente lembra bastante a irmã.

Mesmo que tal projeto venha um dia a ser realizado, ou façam o tal remake cogitado nos últimos anos, dificilmente será um filme tão marcante como o original, que não é apenas uma boa obra, e sim única dentro de um gênero onde uma produção requintada e um ótimo roteiro são cada vez mais raros. Se o objetivo de fazer Poltergeist 4  ou um remake resulte em um filme vazio de conteúdo e repleto de efeitos mirabolantes, é melhor que a série continue enterrada e descansando em paz assim como alguns dos atores que participaram dela.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.

  • ← Poltergeist, o Fenômeno (1982)
  • Confira o primeiro trailer da comédia romântica April Apocalypse →

Avatar photo

Filipe Falcão

Jornalista formado e Doutor em Comunicação. Fã de filmes de terror, pesquisa academicamente o gênero desde 2006. Autor dos livros Fronteiras do Medo e A Aceleração do Medo e co-autor do livro Medo de Palhaço.

Você pode gostar também

filme poltergeist atriz

SexTERROR: Sangue em Profusão às Sextas-Feiras!

filme poltergeist atriz

Michael Myers, a Selvageria Inconsciente

filme poltergeist atriz

E o Oscar vai para…Kristen Parker!

6 thoughts on “ trilogia poltergeist: a maldição dos espíritos ”.

'  data-srcset=

Assisti os 3 filmes do filme Poltergeist. Foram bem feitos. Os diretores foram persistentes e nos 3 capítulos passaram uma realidade dentro do contexto do filme. É uma pena que atores foram morrendo na vida real. Mas a explicação pra isso, embora seja uma assunto extenso, faço um resumo, que acho que todos que ler, irão concordar comigo: “este filme, mexeu na verdade com as forças sobrenaturais”. Com os espíritos do mal. E assim como Deus existe, o demônio existe também. Na história do dos filme de terror, tem uma boa parcela que aconteceu isso. Sendo no gênero de terror.

Bom quem quiser escrever pro meu e-mail, pra manter um contato pra ficar se comunicando comigo, pode ficar à vontade e escrever pro meu e-mail:

[email protected]

Abraço à todos. Anderson.

Abraço Anderson

'  data-srcset=

nunca assisti esses filmes , mas quando eu sube da maldição fiquei intereçado.. vi até q no filme usaram esqueletos de verdade e que as almas desses esqueletos eram amaldiçoadas ..acho q td tem a ver com espiritos principalmente por ser do genero terror q sempre envolve historias macabras

'  data-srcset=

Concordo totalmente, se e pra fazer remake ou uma continuação ruim, e melhor deixar como está. Mas eu gostei do terceiro filme, ate porque ele foi o primeiro que vi.

'  data-srcset=

também não assisti a parte 3… É a minha “Maldição das Trilogias”: por algum motivo raramente assisto as partes 3.

'  data-srcset=

Lembro que quando eu assisti o 3° capítulo pela primeira vez, eu achei que era outra atriz no lugar da Heather… ela tava irreconhecível com aquelas bochechas… Só anos depois vim a pesquisar sobre o elenco e me dei conta de que a guria era a mesma o.O

Gosto apenas do primeiro, com seu clima de “sessão da tarde”. Já a parte 2, com aquele lance indígena, deixou tudo muito entediante. E o que dizer do prédio do terceiro? Afundou com tudo de vez…! Garanto que em breve estarão planejando um remake (desnecessário) para a série.

'  data-srcset=

os dois primeiros são bons,o terceiro só vi o começo e parei,o legal dessa trilogia era justamente a família que parecia bem real,e no 3 só tem a menininha,por isso perdeu um pouco a graça,mas qualquer dia desses eu termino de ver a terceira parte.quanto a maldição do filme é realmente assustadora essa estória,e me desculpem os espiritas, mas não acredito que essa maldição tenha vindo de espíritos,e sim de demônios,esses sim existem de verdade e querem nos destruir 🙁

Deixe um comentário Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comentário *

Mortes, exorcismo e esqueletos: a verdade sobre a maldição de 'Poltergeist'

JoBeth Williams atuou com esqueletos de verdade em "Poltergeist" - Reprodução

De Splash, em São Paulo

25/09/2022 04h00 Atualizada em 25/09/2022 22h33

O filme "Poltergeist - O Fenômeno" completa 40 anos em 2022. Dirigido por Tobe Hooper, com roteiro e produção de Steven Spielberg, o longa-metragem é um dos clássicos do cinema.

Na história, a família Freeling é assombrada por espíritos após se mudar para uma nova casa. Tudo fica ainda mais assustador após a caçula, Carol Ann, desaparecer.

Relacionadas

'  src=

Clooney admite constrangimento ao beijar Julia Roberts diante da esposa

'  src=

Gêmeas de 'O Iluminado' passam horas em fila para velório de Elizabeth 2ª

'  src=

'Avatar' volta aos cinemas 13 anos depois em 'esquenta' para continuação

Desesperados, os pais buscam a ajuda de um exorcista.

O terror , porém, ultrapassou as telas e "Poltergeist" ganhou a fama de ser uma obra amaldiçoada. A teoria surgiu após mortes repentinas de membros do elenco e histórias horripilantes sobre as gravações serem reveladas.

Saiba o que realmente aconteceu:

Morte de Dominique Dunne

Em novembro de 1982, meses após o lançamento de "Poltergeist" nos Estados Unidos, Dominique Dunne foi assassinada aos 22 anos. A atriz interpretou Dana, a filha mais velha da família Freeling no primeiro filme da franquia.

Ela foi estrangulada na calçada de sua casa pelo ex-namorado, John Thomas Sweeney, que estava insatisfeito com o fim do relacionamento.

Dominique foi levada ao hospital, mas não recuperou a consciência e perdeu as atividades cerebrais. Cinco dias depois, os aparelhos que mantinham a atriz viva foram desligados.

Dominique Dunne em 'Poltergeist - O Fenômeno' - Reprodução - Reprodução

Morte de Heather O'Rourke

Seis anos depois, a atriz que interpretou a filha caçula da família morreu aos 12 anos. Heather O'Rourke fez o papel de Carol Anne nos três filmes da franquia e ficou conhecida pela clássica cena em que coloca as mãos na televisão e diz: "eles estão aqui!".

A menina morreu após ter duas paradas cardíacas e choque séptico em decorrência de uma obstrução intestinal aguda.

De acordo com a mãe de Heather em uma entrevista para a revista People em 1988, a criança foi diagnosticada erroneamente com doença de Crohn, quando na verdade tinha uma estenose intestinal congênita.

Heather O'Rourke interpretou a caçula da família Freeling em 'Poltergeist' - Divulgação - Divulgação

Esqueletos de verdade

Em uma cena do filme, a mãe é arrastada para a piscina por forças sobrenaturais durante uma tempestade. Nesse momento, os corpos que estavam enterrados sob a casa começam a aparecer em volta dela em meio à lama.

De acordo com relatos da atriz e do maquiador do filme, os esqueletos usados eram reais.

"Eu pensava que os esqueletos fossem feitos pelo departamento de objetos cenográficos. Alguns anos depois, eu encontrei um dos caras dos efeitos especiais e disse: 'Vocês fizeram todos aqueles esqueletos, deve ter sido incrível'. Ele disse: 'Ah, nós não fizemos os esqueletos. Eles eram de verdade'. Eu disse: 'O quê?'. Ele disse: 'É, aqueles eram esqueletos de verdade'", contou JoBeth Williams, que protagonizou a sequência, em entrevista à revista Vanity Fair.

Eu não sei onde compraram os esqueletos, mas aquilo me deixou com muito nojo. Ainda bem que eu não sabia disso na época, porque senão eu ia gritar muito e de verdade. JoBeth Williams

Exorcismo no set

De acordo com JoBeth, o desconforto de ter gravado com esqueletos de verdade foi tanto que, durante as gravações de "Poltergeist II - O Outro Lado", um dos atores fez um exorcismo no set.

Will Sampson, que interpretou o xamã indígena Taylor na sequência, teria sido o responsável pelo ritual.

Mortes de outros atores

Além de Dominique e Heather, outros dois atores morreram em meio ao lançamento dos filmes da franquia.

Julian Beck, que interpretou o reverendo Henry Kane em "Poltergeist II", morreu de câncer de estômago aos 60 anos. Ele foi diagnosticado com a doença antes das gravações e morreu em setembro de 1985, pouco antes do lançamento do filme.

Will Sampson, o ator que fez o exorcismo, morreu aos 53 anos em junho de 1987. Ele sofria de esclerodermia e morreu em decorrência de desnutrição e insuficiência renal pós-operatória.

Já em 2009, 27 anos após o lançamento do primeiro filme, outro ator foi assassinado. Lou Perryman, que fez uma ponta como pedreiro no primeiro filme, foi morto com golpes de machado em sua casa por um homem de 26 anos.

O criminoso era um ex-presidiário com histórico de problemas de saúde mental e vício em drogas que admitiu ter matado Perryman para roubar seu carro.

Acidente de avião

O ator Richard Lawson (que hoje é padrasto da Beyoncé! ) sobreviveu a um acidente aéreo em 1992. No primeiro filme, ele interpreta Ryan, membro de uma equipe que investiga situações paranormais.

O avião saía do aeroporto LaGuardia, em Nova York, com destino à cidade de Cleveland, Ohio. Em meio ao mau tempo, a aeronave decolou, mas não conseguiu ganhar sustentação, saindo da pista e atingindo vários obstáculos antes de parar em um corpo d'água logo após o final da pista.

Das 51 pessoas a bordo, 27 morreram, incluindo o comandante e um membro da tripulação.

Em uma entrevista ao New York Times após o acidente, Lawson contou que deveria ter se sentado no assento 6D, mas uma aeromoça reconheceu o ator, convidando-o a se sentar na primeira fileira.

Mais tarde, ele descobriu que pelo menos uma pessoa na sexta fileira morreu na tragédia.

Richard Lawson em cena no filme 'Poltergeist' - Reprodução - Reprodução

O que dizem os atores?

Oliver Robbins, que interpretou Robbie Freeling, um dos filhos da família assombrada, não acredita na "maldição".

Em entrevista ao DailyMail em 2015, ele falou sobre o assunto.

"Não acho que ninguém que estava envolvido no filme levou a maldição a sério. Não existe maldição, apenas coincidências trágicas. [...] As pessoas podem tentar ligar os pontos e criar algo a partir disso, mas provavelmente vão fazer ligações que não existem. São ótimas histórias assustadoras, mas no final, não são verdadeiras", afirmou.

Zelda Rubinstein, que interpretou a médium Tangina Barrons, também criticou a teoria em entrevista para a CNN.

"Heather morreu por causa de um problema anatômico, congênito, não detectado. Julian Beck morreu de câncer quando já estava mais velho. Will Samspon faleceu após receber um transplante de coração e pulmão. Dominique Dunne morreu nas mãos de um namorado extremamente mal-intencionado. Essas são as razões, não acho que seja uma maldição. Seria um favor acabar com essa porcaria supersticiosa", disse a atriz, que morreu em 2010, aos 76 anos.

As mais lidas agora

'  src=

Alec Musser, ator de 'Gente Grande', morre aos 50 anos

'  src=

Paolla Oliveira sobre críticas ao corpo: 'Não me deixam em paz'

'  src=

Calma, não deixaremos de ler Machado só por causa da lista da Fuvest

ID: {{comments.info.id}} URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

1"> {{comments.total}} comentários, seja o primeiro a comentar, essa discussão está encerrada.

Não é possivel enviar novos comentários.

Essa área é exclusiva para você, assinante, ler e comentar.

UOL - O melhor conteúdo

Só assinantes do UOL podem comentar

Ainda não é assinante? Assine já .

Se você já é assinante do UOL, faça seu login .

O autor da mensagem, e não o UOL, é o responsável pelo comentário. Reserve um tempo para ler as Regras de Uso para comentários.

filme poltergeist atriz

Reação estranha de Ryan Gosling ao ganhar o Critics Choice Award viraliza

filme poltergeist atriz

Harrison Ford faz discurso emocionado ao ganhar prêmio no Critics Choice

filme poltergeist atriz

Critics Choice Awards 2024: Qual o melhor look dos famosos? Vote!

filme poltergeist atriz

Critics Choice Awards: Margot Robbie usa look inspirado em Barbie de 1996

filme poltergeist atriz

Critics Choice Awards 2024: Dua Lipa ousa e combina cabelo com vestido

filme poltergeist atriz

Critics Choice Awards 2024: Confira o look dos famosos

filme poltergeist atriz

Critics Choice Awards 2024: Com 8 prêmios, 'Oppenheimer' desbanca 'Barbie'

filme poltergeist atriz

Critics Choice Awards 2024: confira o look dos famosos

Meninas malvadas: 10 diferenças entre o filme original e o musical.

A nova versão de 'Meninas Malvadas' chegou aos cinemas na última semana

filme poltergeist atriz

Paul Mescal defende que héteros podem interpretar personagens queers, mas com uma condição

filme poltergeist atriz

Critics Choice Awards 2024: data, horário e onde assistir à premiação

Morta pelo namorado: o trágico fim de Dominique Dunne, atriz de Poltergeist

Conhecida por ser uma das revelações do gênero terror, a intérprete foi brutalmente assassinada após um relacionamento abusivo

Penélope Coelho Publicado em 31/08/2020, às 17h53

filme poltergeist atriz

Em sua meteórica e brilhante carreira, Dominique Ellen Dunne ficou conhecida por ter interpretado Dana Freeling no filme de terror Poltergeist (1982), no papel da filha adolescente cuja família é assombrada por fantasmas. Dominique chamou atenção em Hollywood e tinha uma promissora trajetória pela frente. O que certamente teria acontecido, se sua vida não tivesse sido interrompida por aquele que ela considerava o seu amor, mas na verdade, passava bem longe disso.

Anos iniciais

Nascida em 23 de novembro de 1959, em Santa Monica, Califórnia, Estados Unidos, Dominique foi a filha mais nova de Ellen Beatriz Lenny e do escritor, produtor e ator Dominick Dunne. A jovem iniciou cedo seus trabalhos como atriz , e começou na televisão norte-americana onde atuou em participações especiais em seriados como Lou Grant (1977) e Casal 20 (1979). Dedicada, a garota estudou atuação no famoso Workshop de Milton Katselas.

O Taj Mahal Palace - QuartierLatin1968 via Wikimedia Commons

Taj Mahal Palace: Alvo de um atentado terrorista, hotel virou campo de guerra

Roberto Canessa: Realidade e ficção - Héctor Maffuche e Divulgação/Netflix

A Sociedade da Neve: Veja como os verdadeiros sobreviventes aparecem no filme

No entanto, foi no ano de 1981 que Dunne viu sua vida mudar. Isso porque foi escalada para o seu primeiro longa-metragem, se tratava do filme Poltergeist (1982), um divisor de águas em sua carreira e o único filme para o cinema que a menina teria tempo de realizar. 

filme poltergeist atriz

Relação perigosa

No mesmo ano em que a jovem deu o passo inicial em sua carreira de atriz cinematográfica, ela conheceu aquele que seria seu namorado e futuro assassino . Era John Sweeney, chefe de um badalado restaurante de Los Angeles.

O casal se conheceu em uma festa no ano de 1981 e o envolvimento aconteceu rápido demais. Poucas semanas depois de engatarem o relacionamento, eles se mudaram juntos para uma pequena casa de um quarto em West Hollywood.

Não demorou muito para que toda a ternura que o homem inicialmente demostrava, se tornasse possessão e ciúmes . Os problemas e brigas entre Dominique e Sweeney aumentavam e em diversas ocasiões, John abusou fisicamente da jovem — que na época tinha somente 21 anos.

Os pais da menina estavam preocupados com a filha que aparentava estar cada dia mais distante. Certa vez, Sweeney chegou a arrancar um punhado de cabelo da atriz durante uma discussão em agosto de 1982, na ocasião, ela fugiu para casa da mãe onde buscou abrigo por um tempo.

Contudo, o namorado inconformado foi atrás de Dominique, a mãe da jovem por sua vez, exigia que ele se afastasse da filha e caso o contrário chamaria a polícia . Porém, poucos dias depois, Dunne decidiu reatar o relacionamento e voltou para casa onde morava com John.

Um mês depois, mais um episódio de violência: em 26 de setembro de 1982, Sweeney agarrou a atriz pelo pescoço e começou a sufocar a menina na intenção de estrangulá-la. Contudo, um amigo do casal que estava perto ouviu barulhos de engasgo e entrou na sala onde tudo acontecia.

A jovem tentou dizer ao amigo que o namorado estava tentando matá-la, mas, o homem contornou a situação e disse que era apenas uma briga comum, ordenando que Dominique voltasse para cama. A estrela fingiu obedecer, mas, na verdade, fugiu pela janela do banheiro.

Sweeney ouviu o barulho do motor do carro de Dunne e saiu correndo na tentativa de impedi-la de partir, porém, já era tarde demais e a menina já estava voltando para casa da mãe. Aquele foi o ponto final para a intérprete que naquela noite ligou para John e terminou o relacionamento.

Tragédia anunciada

Era 30 de outubro de 1982, algumas semanas de sossego na vida e Dominique — que naquele dia ensaiava para o seu novo papel na minissérie V (1983), junto com o ator David Packer. Enquanto conversava com uma amiga por telefone, a atriz teve a ligação interrompida por outra chamada: "Oh, Deus, é o Sweeney. Deixe-me desligar o telefone", disse a garota para a amiga. Dez minutos depois, o ex-namorado da estrela apareceu na porta de sua casa.

No início eles conversaram através de uma porta trancada, mas, depois de um tempo de diálogo a garota concordou em falar com John na varanda, enquanto seu colega de trabalho, Packer, aguardava a jovem atriz retornar para os ensaios.

O que se sabe é que depois de abrir a porta, uma tragédia aconteceu: eles começaram a discutir e Sweeney partiu para cima da ex-namorada, enforcando a garota até que ela ficasse inconsciente.

Packer escutou alguns barulhos, mas já era tarde demais, ele se deparou com uma cena horrível: Sweeney ajoelhado sobre Dunne. As autoridades foram acionadas e sem demonstrar medo, o criminoso proferiu a seguinte frase: "Eu matei minha namorada e tentei me matar.”.

filme poltergeist atriz

A atriz foi rapidamente levada para um hospital, mas nunca recuperou a consciência, ela ficou alguns dias respirando com auxílio de aparelhos, entretanto, logo os médicos perceberam que a jovem já não tinha mais nenhuma atividade cerebral em decorrência do tempo que ficou sem oxigênio.

No dia 4 de novembro daquele ano, os pais de Dominique tomaram a decisão de desligar os aparelhos da menina, ela faleceu aos 22 anos de idade. A pedido de sua mãe, os rins e o coração da intérprete foram doados.

Sua última aparição nas telas foi em um episódio da série Hill Street Blues (1981), onde Dunne interpretava uma menina que havia sido abusada , na ocasião, a atriz não usou maquiagem para forjar os hematomas, já que estava verdadeiramente machucada, pois um dia antes tinha apanhado de Sweeney, o episódio foi ao ar 12 dias depois de sua morte.

Em 7 de novembro de 1983, após um longo processo, o assassino foi condenado a seis anos de prisão por homicídio culposo e mais seis meses por acusação de agressão, na época aquela era a pena máxima recebida, o que deixou na família da vítima uma eterna sensação de impunidade.

+Saiba mais sobre crimes por meio de grandes obras disponíveis na Amazon:

1. Vozes do Joelma: Os gritos que não foram ouvidos, de Marcos Debrito, Marcus Barcelos, Rodrigo de Oliveira, Victor Bonini e Tiago Toy (2019) - https://amzn.to/3bjLA7Z

2. O pior dos crimes: A história do assassinato de Isabella Nardoni, de Rogério Pagnan (2018) - https://amzn.to/35CT56O

3. Famigerado!: a História de Luz Vermelha, o Bandido que Aterrorizou São Paulo nos Anos de 1960, de Gonçalo Junior (2019)  - https://amzn.to/2JLfeGQ

4. Suzane assassina e manipuladora, de Ullisses Campbell (2020) - https://amzn.to/3aFqnVk

5. A casa: A história da seita de João de Deus, de Chico Felitti (2020) - https://amzn.to/3aK1tEF

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W

Leia também

La Rinconada

A cidade peruana de La Rinconada - Reprodução/Video/YouTube/Ruhi Çenet

La Rinconada: Como é a cidade mais alta do mundo

Marlene Engelhorn

Marlene Engelhorn durante um TEDx Talks - Reprodução/Vídeo/YouTube/@TEDx

Quem é Marlene Engelhorn? Herdeira que quer doar fortuna de US$ 27 milhões

Pintura de Napoleão Bonaparte - Getty Images

Filhos de Napoleão Bonaparte: conheça alguns dos descendentes do famoso imperador

Revolta dos Malês

Capa do livro 'Malês – A Revolta dos Escravizados na Bahia e Seu Legado' - Editora Planeta

Revolta dos Malês: Os 189 anos do levante de escravizados africanos muçulmanos

Fotografia de Andreia Regina, Luis Marcelo e Marcelo Eduardo, respectivamente - Wikimedia Commons

O crime que chocou o Brasil: A chacina da família Pesseghini

Registro da Guerra da Ucrânia - Getty Images

Quem se importa com a paz? O mundo tem hoje mais conflitos do que no fim da Guerra Fria

Últimas notícias

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!

filme poltergeist atriz

Poltergeist: Elenco do filme antigo sofreu acidentes estranhos e mortes repentinas

1/02/2017 | Giro Cultural

filme poltergeist atriz

No dia 1 de fevereiro de 1988 morria a atriz mirim Heather O’Rourke dos filmes de terror “Poltergeist”  e popularizou o filme como amaldiçoado

A morte da atriz mirim Heather O’Rourke, que foi protagonista dos filmes de terror “Poltergeist” na década de 80, está entre as mortes mais chocantes do terror. A garotinha morreu aos 12 anos de choque séptico, dias após as gravações do último capítulo da trilogia. A morte de Heather, somada a outras mortes repentinas e assustadoras de atores e pessoas envolvidas na produção, ajudou a popularizar a história de que o filme é “amaldiçoado”.

A atriz mirim Heather O’Rourke, que fez Carol Anne e tinha o dom de se comunicar com fantasmas, não teve muito tempo para aproveitar a fama precoce. Ela morreu aos 12 anos, logo após ter filmado Poltergeist III. A menina acordou vomitando e sem conseguir comer nada. Após ser levada para o hospital, a atriz teve uma parada cardíaca e não resistiu. O motivo da morte foi uma estranha obstrução intestinal.

filme poltergeist atriz

A atriz Dominique Dunne, que interpretava a filha mais velha da família do filme, foi a primeira do elenco a morrer. Aos 22 anos, pouco depois que o filme chegou aos cinemas, a jovem foi estrangulada pelo namorado, ficou alguns dias em coma, mas não resistiu. A curiosidade macabra do crime é que, para encobrir os gritos de Dominique, o rapaz colocou a trilha sonora de Poltergeist para tocar bem alto. Nas continuações, ela foi substituída por Meg Tilly.

filme poltergeist atriz

O ator Julian Beck, que interpretava o reverendo Henry, morreu de câncer durantes as filmagens de Poltergeist II. O diretor do filme, Brian Gibson, morreu de sarcoma de Ewing, bastante raro em adultos com mais de 25 anos.

Além das mortes, a equipe técnica do filme passou por várias situações estranhas, como objetos caindo, coisas aparecendo em lugares nos quais não estavam antes e barulhos que ninguém sabia de onde vinham.

Em uma das cenas mais assustadoras do filme original, o filho do meio da família é estrangulado por um palhaço. Após o lançamento do filme, foi revelado que, durante a cena, um acidente aconteceu e Oliver estava sufocando de verdade. Por pouco o ator não morreu.

filme poltergeist atriz

Will Sampson que interpretou um nativo norte-americano que ajudava a família Freeling, morreu em 3 junho 1987 em um hospital de Houston após ter recebido um transplante de coração 6 semanas mais cedo. A causa de sua morte foi atribuída à infecção pós-operatória.

O que mais levou a hipótese de maldição seria a morte da garotinha de doze anos, pois as pessoas se questionavam como uma criança tão jovem e saudável poderia morrer na mesa de cirurgia com uma doença tão grave?

O’Rourke apareceu em todos os três filmes de Poltergeist. Poltergeist III tinha sido terminado próximo de sua morte embora tivesse de ser liberado ainda, levando aos boatos que ela tinha falecido antes de terminar o filme. ( Poltergeist III estava pronto em junho 1987 mas não foi liberado até 10 junho 1988).

Outro boato diz que a “maldição” pegou a todos do filme, pois não tiveram suas carreiras bem sucedidas.

filme poltergeist atriz

A atriz Zelda Rubenstein era uma grande mulher com 1,30 m de altura. Durante uma sessão de fotos para Poltergeist III apareceu uma estranha fumaça em uma das fotos. Ela depois informou que, a foto foi feita no exato momento que sua mãe na vida real morreu.

A casa do primeiro filme foi parcialmente destruída por um terremoto em 1994.

JoBeth Williams diz que quando voltava para casa depois das filmagens, encontrava os seus quadros todos tortos na parede. Ela os endireitava mas, ao retornar no dia seguinte após as filmagens, estavam todos tortos novamente.

Por assunto

  • Centro-Oeste

Publicidade

advertisement

Últimas notícias

  • Avenida Jove Soares enfrenta primeiro alagamento em 2024
  • Contribuinte de Itaúna ganha mais uma forma de quitar tributos municipais
  • Papa Francisco é presenteado com livro de Adélia Prado
  • MG: Em dez cidades é possível pedir socorro pela internet
  • Noiva paga por vestido, alguém usa antes e ela será indenizada

filme poltergeist atriz

Veja também

Bailarinos de Divinópolis conquistam prêmio na Itália

Bailarinos de Divinópolis conquistam prêmio na Itália

22/02/2019 | Destaque , Giro Cultural , Itaúna

Os bailarinos divinopolitanos, Cecília Silva e Wilian Andrade logo estarão de volta para...

Bate-papo ao vivo com Léo Nascimento

Bate-papo ao vivo com Léo Nascimento

4/02/2019 | Giro Cultural

  A Santana sempre inova e traz o que o público pede! E nesta terça-feira (5),...

‘A Cidade Conversa’ retorna nesse domingo (23)

‘A Cidade Conversa’ retorna nesse domingo (23)

20/09/2018 | Destaque , Entretenimento , Giro Cultural , Itaúna

Jornalismo Santana FM Depois de uma pausa de dois anos, o evento A Cidade Conversa volta...

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

  • Privacidade

Plano Crítico

Crítica | Poltergeist – O Fenômeno (1982)

filme poltergeist atriz

Quando pensamos em filmes de terror que marcaram época, alguns nomes sempre martelam nossas cabeças. Lembramos do talento natural de Alfred Hitchcock para filmes do gênero e também para bons suspenses, pensamos também na genialidade de Kubrick em O Iluminado . Outros tantos nomes também são evocados, como é o caso dos grandiosos O Bebê de Rosemary , O Exorcista, Drácula de Bram Stoker e alguns contemporâneos como é o caso de O Chamado e o recente Invocação do Mal . Dentre as obras mais marcantes do gênero, é impossível não fazer referência ao estouro que foi Poltergeist em 1982.

O longa é dirigido por Tobe Hooper, que à época já havia feito uma carreira significativa em produções de terror e adquirido notoriedade na direção do bem sucedido filme B O Massacre da Serra Elétrica . No entanto, quem sempre é lembrado e leva maiores louros pelo sucesso de Poltergeist é Steven Spielberg, idealizador, roteirista e argumentista do projeto. Fazendo justiça ao nome de Spielberg, o longa apresenta traços típicos do estilo do cineasta desde o equilíbrio com a leveza cômica bem articulada até nas referências que faz a Star Wars , obra de seu amigo George Lucas.

O argumento de Spielberg é bem simples, mas extremamente eficaz. O filme narra o cotidiano da família Freeling, recém chegada à nova casa no condomínio projetado pela construtora em que Steve trabalha como corretor. Steve e Diane, com quem é casado, têm juntos três filhos: a típica adolescente Dana, o garoto Robbie e a pequena Carol Anne, em torno da qual giram os principais eventos de que o longa trata. Uma estranha interação passa a se estabelecer entre a menina e vozes que saem da televisão, a partir daí, objetos passam a se mover sozinhos, talheres ficam tortos e as coisas vão gradativamente piorando muito.

A grande sacada de Poltergeist, título que faz alusão às forças sobrenaturais que circundam o drama da família Freeling, está no seu desenvolvimento, na qualidade técnica e nas boas escolhas de elenco. Apesar de apresentar um terror bem resolvido, o filme traz boas estratégias presentes no suspense e cenas cômicas que não destoam do restante do longa. Os efeitos visuais e sonoros também se destacam e renderam a Poltergeist três indicações ao Oscar e um BAFTA. O corpo de atores que integra o longa é bastante competente, mas as personagens que mais se destacam, sem dúvidas, são a médium Tangina, interpretada por Zelda Rubinstein, e Carol Anne. Heather O’Rourke, apesar da pouca idade, mostrava ter grande naturalidade no que fazia.

Não podemos ignorar, todavia, que grande parte do sucesso e do imaginário que ainda hoje ronda Poltergeist está associado aos estranhos eventos que sucederam a produção do longa. A primeira atriz do elenco a morrer foi Dominique Dunne, que interpretava Dana. Dunne foi assassinada pelo namorado no ano de lançamento do filme. A segunda morte de uma atriz do elenco principal aconteceu com a protagonista Heather O’Rourke, que foi acometida por uma infecção intestinal pouco depois de haver gravado Poltergeist III . Há ainda uma boataria que circula sobre uma possível utilização de esqueletos humanos em algumas cenas. O que não é boato é que para além de ser um ótimo filme, Poltergeist detém um simulacro de mistério, o que é ainda mais caro para os amantes do gênero.

Poltergeist – O Fenômeno (EUA, 1982) Direção:  Tobe Hooper Roteiro:  Steven Spielberg Elenco:  Heather O’Rourke, Craig T. Nelson, JoBeth Williams, Zelda Rubinstein, Beatrice Straight, Dominique Dunne, Oliver Robins Duração: 120 min.

' src=

Filipe Monteiro

O exército vermelho no War, os indianos em Age of Empires, Lannister de Rochedo Casterly. Entrou em órbita terrestre antes que a Estrela da Morte fosse destruída, passou pela Alameda dos Anjos, pernoitou em Azkaban, ajudou a combater o crime em Gotham e andam dizendo por aí que construiu Woodburry. Em uma realidade alternativa, é graduando em Jornalismo, estuda Narrativas e Cultura Popular, gosta de cerveja e tempera coentro com comida.

Crítica | Mad Men – 7X14: Person to Person

Crítica | a guerra dos mundos (1953), você também pode curtir, crítica | beekeeper – rede de vingança, crítica | priscilla (2023), crítica | a sociedade da neve, crítica | o melhor está por vir, crítica | jack frost (1997), crítica | o cão dos baskervilles (1959), crítica | assalto (1928), crítica | abrigo nuclear (1981), crítica | hellbent: halloween sangrento.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumimos que esteja de acordo com a prática, mas você poderá eleger não permitir esse uso. Aceito Leia Mais

Ex.: John Wick 4 , Dungeons & Dragons: Honra Entre Rebeldes , Babilônia

Poltergeist III - O Capítulo Final

Poltergeist III - O Capítulo Final

  • Adicionar a coleção

Um terapeuta tenta curar Carol Anne (Heather O'Rourke) dos traumas deixados por suas experiências apavorantes. Porém, ao remexer em suas lembranças, as forças do mal retornam na pele do Reverendo Kane para ameaçá-la mais uma vez.

Assista ao filme

Últimas notícias.

Fantasmas, uma televisão e criança macabra: Uma das franquias mais aclamadas do terror ganhará série de TV

Comentários do leitor

Vinícius d

338 seguidores 636 críticas Seguir usuário

silva m.

12 seguidores 76 críticas Seguir usuário

Aline  VOLTES

3 seguidores 19 críticas Seguir usuário

Welka L.

8 seguidores 1 crítica Seguir usuário

Foto Poltergeist III - O Capítulo Final

Curiosidade das filmagens

Detalhes técnicos, se você gosta desse filme, talvez você também goste de....

Possessão

Horror em Amityville

Poltergeist - O Fenômeno

Poltergeist - O Fenômeno

Mais filmes : Melhores filmes do ano 1988 , Melhores filmes Terror , Melhores filmes de Terror de 1988 .

Comentários

Webtudo Curiosidades

As 13 curiosidades estranhas sobre o filme Poltergeist

filme poltergeist atriz

Poltergeist, no Brasil conhecido como Poltergeist – O Fenômeno é um filme estadunidense que fez muito sucesso em 1982, do gênero terror, escrito e produzido por Steven Spielberg e dirigido por Tobe Hooper.

O filme teve ainda duas sequências: Poltergeist II – o Outro Lado (1986) e Poltergeist III – O Capítulo Final (1988). Depois de 25 anos de Poltergeist os produtores queriam fazer a 4 edição do filme, porém misteriosamente foi cancelado.

Veja então os fatos estranhos ocorridos durante as gravações e anos depois com os personagens e a equipe da produção.

1. Primeira morte

A jovem atriz Dominique Dunne que interpretou o papel de Dana, a filha mais velha da família morreu em novembro de 1982 enforcada pelo namorado John Sweeney. Ele era um ajudante de cozinha que trabalhava no mais requintado e famoso restaurante de West Hollywood, o Ma Maison. John era uma pessoa completamente ciumenta, principalmente após o grande sucesso do filme.

filme poltergeist atriz

2. Segunda morte

A atriz que ficou muito famosa após interpretar a pequena Carol Anne nos três filmes da série, Heather O’Rourke morreu em 1988 com apenas 12 anos de idade.

Heather foi diagnosticada com a Doença de Crohn, que é uma infecção gastrointestinal que afeta a parte inferior do intestino delgado e o intestino grosso. A atriz mirim iniciou então um tratamento com remédios muito fortes, no qual a deixava com o rosto inchado, isso é perceptível principalmente no terceiro filme da série.

Heather sofreu uma parada cardíaca e acabou morrendo horas depois no hospital. Os familiares da menina chegou a entrar com uma ação contra o hospital, pois alegaram que o diagnóstico teria sido errôneo, e que a atriz não teria a Doença de Crohn, e um bloqueio no intestino que se diagnosticado com antecedência poderia ter sido resolvido com uma cirurgia.

3. Fatos estranhos

Outros fatos estranhos também ocorreram com as pessoas envolvidas com os filmes, foi a da atriz Zelda Rubinstein que fez o papel da médium Tangina Barrons. Ela relatou que durante uma seção de fotos promocionais para Poltergeist III, aparece uma estranha fumaça em uma das fotos, depois ela contou que a tal foto foi tirada no exato momento em que sua mãe morreu.

4. Sufocamento

Um das cenas mais assustadoras do filme é onde o filho da família está sendo estrangulado por um boneco de palhaço. porém, após o lançamento do filme, um acidente ocorreu de verdade, onde Oliver estava se sufocando de verdade, mas a equipe de filmagem não notou o ocorrido, e que realmente estaria ocorrendo um sufocamento onde Oliver quase morreu.

5. Esqueletos humanos

Acreditasse que os fatos estranhos que ocorreram nas filmagens e após seria seria devido uma maldição, devido os produtores teriam adquirido esqueletos reais de humanos, uma vez que o custo seria mais barato do que os de plásticos.

Então, a teoria seria a de que os espíritos das pessoas as quais os ossos pertenciam foram responsáveis pelas tragédias e acontecimentos bizarros que ocorreram com as pessoas envolvidas com o longa, mas, Tobe Hooper e Steven Spielberg jamais falaram sobre essa suposta teoria.

6. Reverendo

Durante as filmagens de Poltergeist II, o ator Julian Beck, que interpretava o reverendo Henry, morreu de câncer.

7. Trilha sonora

Para que os gritos de Dominique Dunne (última na imagem a direita) não fossem ouvidos enquanto estava sendo estrangulada por seu ex-namorado, ele colocou a trilha sonora de Poltergeist no volume mais alto.

O ator Will Sampson, que interpretou um índio nativo que ajudava a família no segundo filme, morreu por complicações em um transplante de coração e uma forte subnutrição um ano após as gravações.

A atriz que interpretou a mãe da família, JoBeth Williams relatou um episódio muito estranho. Ela disse que um certo dia chegou em casa e todos os quadros de sua decoração estavam tortos. Vendo aquela cena ela naturalmente os arrumou, mas, no dia seguinte quando chegou do trabalho os quadros voltaram a ficar tortos, e isso foi se repetindo por várias vezes. Em entrevista na época, a atriz disse que não tinha como outra pessoa fazer aquilo.

10. Terremoto

A família Freeling se muda pra uma nova casa, aparentemente é uma casa muito aconchegante e familiar, porém ocorrem eventos muito estranhos no decorrer da trama. Mas, na vida real a casa no qual foi gravado o filme foi quase totalmente destruída por um terremoto anos depois das filmagens.

11. Sarcoma de Ewing

O diretor Brian Gibson da continuação do filme, Poltergeist II faleceu em 2004, não escapando da maldição do filme. Ele era portador da doença sarcoma de Ewing que é um tumor ósseo.

Essa doença é raramente encontrada em adultos, sendo mais comum na faixa etária dos 5 aos 25 e dependendo do lugar a idade pode variar de 5 a 25 anos.

12. Shirley Maclane

A cobiçada e famosa atriz de Hollywood, Shirley Maclane recusou o papel da primeira trama de Poltergeist, pois sua agenda era incompatível com o filme na época. Ela optou por fazer Laços de Ternura em 1983, onde contava com um grande elenco, sendo os principais Jack Nicholson e Danny Devito. Especulasse que ela tenha recusado o papel devido a um receio de abrir possíveis portais para outras dimensões.

13. Acidente aéreo

O ator Richard Lawson, que interpretou Ryan na primeira trama curiosamente sobreviveu a um acidente aéreo no dia 22 de março de 1992, onde morreram 27 pessoas. O avião caiu logo após sua decolagem e o USAir flight 405 caiu nas águas de Long Island.

FONTE: Tudo sobre seu filme

Você também pode gostar.

Las Vegas cidade

Curiosidades sobre Las Vegas

ursos animais que devoraram humanos

Quais são os animais que já devoraram humanos?

inferno

Como é o inferno segunda a bíblia?

músicas tristes

Quais são as músicas mais tristes do mundo?

o alcool pode ocasionar câncer

O consumo excessivo de álcool pode causar cancêr?

gatos

Por que os gatos lambem nossos pés?

1 comentário, cancelar resposta.

Salvar meus dados neste navegador para a próxima vez que eu comentar.

[…] aos doze anos… Entre outras mortes estranhas e acontecimentos estranhos. Vc pode clicar aqui neste link e ler outras curiosidades sobre o filme. Então… esta é a última dica de filme desta […]

Veja também:

filme poltergeist atriz

Veja os preços dos órgãos humanos no Mercado Negro

filme poltergeist atriz

Desafio: Qual é o resultado da matemática dos gatos?

filme poltergeist atriz

As 18 melhores marcas de guitarras do mundo

filme poltergeist atriz

Desafio: Você consegue resolver esse problema?

filme poltergeist atriz

Os olhos mais bonitos das celebridades femininas

  • Página inicial
  • O criador de tudo
  • Sobre o Site e nossos Parceiros

PIPOCA 3D

13 CURIOSIDADES SOBRE O FILME POLTERGEIST

filme poltergeist atriz

AGREGADORES

GeraLinks - Agregador de links

ACESSE A LOJA CLASSICLINE

ACESSE A LOJA CLASSICLINE

MILLIE BOB CRESCEU

Veja flagras da atriz millie bobby brown na praia.

Millie Bobby Brown é uma atriz e modelo nascida na Espanha. Começou sua carreira aos nove anos de idade, tornando-se conhecida como uma das ...

filme poltergeist atriz

Se jogue no escuro !!!

Se jogue no escuro !!!

NOSSOS PARCEIROS

NOSSOS PARCEIROS

filme poltergeist atriz

Investigador paranormal compra boneco "amaldiçoado" de 'Poltergeist' por 424 mil reais para museu assombrado

Quatro pessoas envolvidas na franquia de terror criada por steven spielberg acabaram mortas de forma trágica.

Cena em que o palhaço amaldiçoado de Poltergeist (1982) mostra sua verdadeira face (Foto: reprodução)

Cena em que o palhaço amaldiçoado de Poltergeist (1982) mostra sua verdadeira face (Foto: reprodução)

Obsessão e filme de terror combinam, não é mesmo? Pois uma incansável busca de uma década feita pelo investigador paranormal Zak Bagans, do programa 'Destino Paranormal', chega ao fim. O apresentador, ator e escritor arrematou em um leilão o palhaço "amaldiçoado" do filme 'Poltergeist', de 1982. Para a memorabilia de gosto duvidoso, Bagans gastou o equivalente a 424,4 mil reais.

O investigador paranormal Zak Bagans (Foto: reprodução instagram)

O investigador paranormal Zak Bagans (Foto: reprodução instagram)

Bagans, que namora a ex-coelhinha da Playboy Holly Madison, pretende deixar a relíquia em seu quarto. Mas talvez não seja uma boa ideia, já que a clássica protagonizada pelo boneco acontece no mesmo cômodo - da ficção, é claro - quando a criatura endemoniada muda sua feição angelica, atacando um garoto e puxando-o para debaixo da cama.

O palhacinho de Poltergeist (1982) em sua forma

O palhacinho de Poltergeist (1982) em sua forma "inofensiva" (Foto: divulgação)

Reza a lenda que o boneco carrega uma maldição - quatro membros do elenco da franquia 'Poltergeist' morreram de forma trágica durante ou logo após as filmagens de seus longas. Dominique Dunne – atriz que fez Danna Freeling no primeiro filme – foi assassinada por seu ex-namorado abusivo cinco meses após a estreia da produção. Julian Beck, que estrelou como Kane em 'Poltergeist II: O Outro Lado' (1986), morreu de câncer no estômago meses antes do filme ser lançado. Will Sampson, que interpretou Taylor o mesmo longa, faleceu em 1987 devido a desnutrição e falência nos rins. Além disso, Heather O'Rourke, a atriz-mirim que fez a pequena Carol Anne no primeiro filme, morreu com apenas 12 anos, meses antes do lançamento de Poltergeist III, por causa de uma parada cardíaca e um choque séptico.

Holly Madison, a namorada de Zak, que dividirá o quarto com o palhaço demoníaco (Foto: reprodução instagram)

Holly Madison, a namorada de Zak, que dividirá o quarto com o palhaço demoníaco (Foto: reprodução instagram)

Além disso, o diretor Tobe Hooper usou ossos de verdade em uma cena do filme de 1982, deixando Will Sampson tão impressionado que ele exigiu uma sessão de exorcismo para trabalhar no segundo filme. E o pior é que sabemos como a história - pelo menos a de Sampson - acabou. Por essas e por outras que Zak tentou comprar o boneco por tanto tempo. Anteriormente, a peça foi exibida no Planet Hollywood, em Las Vegas. E agora ela terá uma morada com alguém que a "compreende"; mas antes de ir para o quarto, o palhaço pode fazer uma escala no Museu Assombrado de Zak.

IMAGES

  1. ‎Poltergeist (1982) directed by Tobe Hooper • Reviews, film + cast

    filme poltergeist atriz

  2. "Poltergeist" faz 40 anos: o terror caseiro de Spielberg segue irretocável

    filme poltergeist atriz

  3. A trágica morte de duas atrizes e o destino de outros três atores do

    filme poltergeist atriz

  4. Poltergeist Trailer

    filme poltergeist atriz

  5. Poltergeist (2015)

    filme poltergeist atriz

  6. POLTERGEIST (2015) Reviews and overview

    filme poltergeist atriz

VIDEO

  1. Poltergeist

  2. Poltergeist Agressivo #assombração

  3. Quem Dubla?

  4. Um dos MAIORES CLASSICOS do CINEMA de HORROR

  5. Poltergeist (2015)

  6. O filme Poltergeist e sua trilha sonora (1982) #shorts #movie #poltergeist

COMMENTS

  1. Poltergeist (1982 film)

    Poltergeist is a 1982 American supernatural horror film directed by Tobe Hooper and written by Steven Spielberg, Michael Grais and Mark Victor from a story by Spielberg. It stars JoBeth Williams, Craig T. Nelson and Beatrice Straight, and was produced by Spielberg and Frank Marshall.

  2. Poltergeist (1982)

    5 Videos 99+ Photos Horror Thriller A family's home is haunted by a host of demonic ghosts. Director Tobe Hooper Writers Steven Spielberg Michael Grais Mark Victor Stars JoBeth Williams Heather O'Rourke Craig T. Nelson See production info at IMDbPro RENT/BUY from $3.99 search Amazon Add to Watchlist Added by 114K users

  3. A tragédia de Heather O'Rourke, a estrela de Poltergeist, morta aos 12

    Biografias 27 de dezembro de 2020 memoriascinematograficas.com.br Heather O'Rourke ficou famosa ao estrelar o clássico de terror Poltergeist: O Fenômeno (Poltergeist, 1982). A menina tinha apenas seis anos de idade quando interpretou Carol Anne Freeling no primeiro filme da saga.

  4. Poltergeist (filme)

    Steven e Diane Freeling ( Craig T. Nelson e JoBeth Williams) vivem uma vida tranquila em um Orange County, Califórnia, numa comunidade planejada chamada Cuesta Verde, onde Steven é um bem sucedido incorporador e Diane, sua esposa, cuida de seus filhos Dana ( Dominique Dunne ), Robbie (Oliver Robins) e Carol Anne ( Heather O'Rourke ).

  5. Heather O'Rourke

    Heather Michele O'Rourke ( San Diego, 27 de dezembro de 1975 — San Diego, 1 de fevereiro de 1988) foi uma atriz mirim americana, conhecida pelo papel de Carol Anne Freeling na trilogia dos filmes "Poltergeist". Biografia Filha de Kathleen O'Rourke e Michael O'Rourke, Heather O'Rourke começou sua carreira aos 5 anos de idade.

  6. A trágica morte de duas atrizes e o destino de outros três atores do

    Poltergeist, dirigido por Tobe Hooper, um mestre do terror que criou, em 1974, o apavorante O Massacre da Serra Elétrica, acertou a mão com uma trama sobrenatural, escrita e produzida pelo mestre Steven Spielberg.

  7. Poltergeist

    Direção: Tobe Hooper Roteiro Steven Spielberg , Michael Grais Elenco: Craig T. Nelson , JoBeth Williams , Heather O'Rourke Título original Poltergeist Assista agora em HBO Max Usuários 4,0 388...

  8. Poltergeist (franchise)

    Poltergeist is an American horror film franchise distributed by Metro-Goldwyn-Mayer during the 1980s. The original trilogy revolves around the members of the Freeling family, who are stalked and terrorized by a group of ghosts, led by a demon known as the Beast, that are attracted to the youngest daughter, Carol Anne. The original film was co-written and produced by Steven Spielberg.

  9. Trilogia Poltergeist: A Maldição dos Espíritos

    O filme, e posteriormente a franquia Poltergeist, foi também marcado pela morte de membros do elenco, algumas de forma trágica, como a atriz que fez a filha mais velha Dana, Dominique Dunne, que foi estrangulada pelo namorado, John Thomas Sweeney, quatro meses depois do lançamento do filme, em 4 de novembro de 1982. Mesmo o fato de o ...

  10. Poltergeist (1982)

    Poltergeist divides the horror crowd big time, the gore fans are simply not impressed by the events in the film, while ghostly supernatural fans such as myself see it as a wasted opportunity. But strip away the flashy production and you start to see the core joke of kids infatuation with the goggle box, so yes, the film could easily be titled ...

  11. Poltergeist tem maldição? A verdade sobre os bastidores do filme

    O filme "Poltergeist - O Fenômeno" completa 40 anos em 2022. Dirigido por Tobe Hooper, com roteiro e produção de Steven Spielberg, o longa-metragem é um dos clássicos do cinema. Na história, a família Freeling é assombrada por espíritos após se mudar para uma nova casa. Tudo fica ainda mais assustador após a caçula, Carol Ann, desaparecer.

  12. A história da morte de quatro atores de 'Poltergeist' e a aura de

    Dominique Dunne, Heather O'Rourke, Will Sampson e Julian Beck são os nomes dos artistas que participaram de pelo menos um dos três longas e faleceram. Porém, o mais intrigante é que eles vieram à óbito logo depois que estiveram nos sets de filmagem.

  13. Morta pelo namorado: o trágico fim de Dominique Dunne, atriz de Poltergeist

    Logo do filme Poltergeist (1982) / Crédito: Wikimedia Commons. Relação perigosa. No mesmo ano em que a jovem deu o passo inicial em sua carreira de atriz cinematográfica, ela conheceu aquele que seria seu namorado e futuro assassino. Era John Sweeney, chefe de um badalado restaurante de Los Angeles.

  14. Saiba o que aconteceu com as atrizes do filme Poltergeist

    No cinema, em 1982, foi filmado Poltergeist. Alguns comentários relatam que no processo de gravação do filme, vários fenômenos paranormais aconteceram. Porém, o que deixou as pessoas mais assustadas, foi o fato da morte de duas atrizes do filme: Dominique Dunne e Heather O´Rourke. A atriz Dominique Dunne era filha de um novelista e roteirista.

  15. Poltergeist: Elenco do filme antigo sofreu ...

    A atriz Zelda Rubenstein era uma grande mulher com 1,30 m de altura. Durante uma sessão de fotos para Poltergeist III apareceu uma estranha fumaça em uma das fotos. Ela depois informou que, a foto foi feita no exato momento que sua mãe na vida real morreu. A casa do primeiro filme foi parcialmente destruída por um terremoto em 1994.

  16. Crítica

    A primeira atriz do elenco a morrer foi Dominique Dunne, que interpretava Dana. Dunne foi assassinada pelo namorado no ano de lançamento do filme. A segunda morte de uma atriz do elenco principal aconteceu com a protagonista Heather O'Rourke, que foi acometida por uma infecção intestinal pouco depois de haver gravado Poltergeist III. Há ...

  17. A verdade sobre a morte misteriosa de Heather O'Rourke, a ...

    Heather O' Rourke faleceu com apenas 12 anos de idade, em 1 de fevereiro 1988, somente oito meses depois de gravar sua participação no terceiro longa-metragem da franquia - vale dizer que ela também integrou o elenco de Poltergeist II: O Outro Lado, de 1986. Porém, a explicação para o seu falecimento é demasiadamente terrena.

  18. Conheça a verdadeira história bizarra envolvendo a atriz mirim do filme

    6.2K 238K views 5 years ago Conheça a verdadeira história bizarra envolvendo a atriz mirim do filme Poltergeist. E-mail para contato: [email protected] Curta a página no...

  19. Poltergeist (1982): TV, terror and suburbia

    The ghosts in 80s horror movie Poltergeist aren't just for scares. They shine a light on family, childhood - and what comes after death. The Freeling family are living the American dream: three kids, a beautiful home and room for a pool. But when 5-year-old Carol Anne hears voices in the TV, it's the start of a nightmare that sees the ...

  20. Poltergeist III

    Com isso, os produtores resolveram por dedicar o filme em sua memória.- Poltergeist III - O Capítulo Final é o primeiro filme da atriz Lara Flynn Boyle.- Poltergeist III - O Capítulo Final é ...

  21. As 13 curiosidades estranhas sobre o filme Poltergeist

    8. Índio. O ator Will Sampson, que interpretou um índio nativo que ajudava a família no segundo filme, morreu por complicações em um transplante de coração e uma forte subnutrição um ano após as gravações. 9. Quadros. A atriz que interpretou a mãe da família, JoBeth Williams relatou um episódio muito estranho.

  22. 13 Curiosidades Sobre O Filme Poltergeist

    Estranhamente, a casa na qual o filme foi gravado quase foi totalmente destruída por um terremoto anos depois das filmagens. 11 - Morte de Brian Gibson - ele foi diretor de Poltergeist II o outro lado. E assim como os demais, ele sofreu com esta lenda também. Mas no caso dele, a doença que o matou é real. Mas a forma como foi contada.

  23. Investigador paranormal compra boneco "amaldiçoado" de 'Poltergeist

    Will Sampson, que interpretou Taylor o mesmo longa, faleceu em 1987 devido a desnutrição e falência nos rins. Além disso, Heather O'Rourke, a atriz-mirim que fez a pequena Carol Anne no primeiro filme, morreu com apenas 12 anos, meses antes do lançamento de Poltergeist III, por causa de uma parada cardíaca e um choque séptico.